Um ano após o início da pandemia a percepção com relação a produtividade muda de acordo com o nível hierárquico dos profissionais.

CEOs, sócios e diretores se sentem menos produtivos do que gerentes e média lideranças.

Uma pesquisa nova da Fundação Dom Cabral, realizada com a Grant Thornton Brasil e a Lyon Business School, com 1.075 respondentes em março indica que entre os profissionais apenas 13% se sentem menos produtivos em casa. Mais de 60% deles disseram o oposto: que viram sua produtividade crescer (de forma maior ou mais significativa).

Confira a notícia completa