ISTOÉ DINHEIRO

A empresa dos sonhos não é uma empresa

A consultoria Grant Thornton, em parceria com a Fundação Dom Cabral, constatou que a produtividade aumentou com o trabalho remoto.

No entanto, 76% das pessoas que estão trabalhando em casa disseram sentir falta da interação com colegas de trabalho. Como manter os rituais da empresa em dia e principalmente o embarque de novos colaboradores? É importante que as equipes tenham momentos de descontração e interação que não seja voltada ao trabalho.

A empresa dos sonhos não é uma empresa. Ao menos não é só uma empresa. Como empreendedores, precisamos ter claro o entendimento de que o colaborador dedica muito tempo de seu dia para o trabalho. Não estou falando apenas sobre cuidar de um time de profissionais engajados, mas também de dar a eles recursos para a realização pessoal.

Confira a notícia completa