BEPS - Impactos tributários e a aderência pelo governo brasileiro

23 maio 2019

No próximo dia 23 de maio, a Grant Thornton realizará uma mesa-redonda exclusiva, em São Paulo, para discutir as principais ações do BEPS instituídas pela OCDE, seus objetivos, impactos tributários e a aderência das normas pelo governo brasileiro.

Em 2015, a Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) instituiu o BEPS (Base Erosion and Profit Shifiting) que formam 15 ações com objetivo de fortalecer as autoridades tributárias e, em alguns casos, concorrenciais para dar maior transparência às informações sobre as atividades de grupos multinacionais.

O Brasil se movimenta para se tornar membro da OCDE
Em 2018, a OCDE realizou um encontro em Brasília para iniciar um grupo de trabalho com o objetivo de evoluir nas discussões sobre as regras de preços de transferência, bem como na negociação que possa se tornar membro da organização. Recentemente, os Estados Unidos afirmaram que o Brasil deve deixar a lista de nações que recebem tratamento diferenciado na Organização Mundial de Comercial (OMC) em troca de apoio para a entrada na OCDE.

Quais empresas devem estar atentas as ações do BEPS?

As mudanças na legislação impactam diretamente empresas brasileiras com subsidiária fora do país ou que possuem investimentos em empresas no exterior.

Participe!
Evento gratuito. Vagas limitadas!

Será um prazer recebê-lo!

Palestrante
Odair Silva Líder de Tributos

  • Dia: 23 de maio (quinta-feira)
  • Horário: das 9h às 11h
  • Local: Octávio Café
  • Av. Brigadeiro Faria Lima, 2.996 - Jardim Paulistano - São Paulo/SP
  • *Oferecemos um delicioso café da manhã às 8h30
Tel: 11 3886-5100 Contact: