TAX ALERT

Autorizado o retorno de gestantes ao trabalho presencial

insight featured image
Foi publicada no Diário Oficial da União, em 10/03/22, a Lei nº 14.311 que alterou a Lei nº 14.151/2021 para disciplinar sobre o afastamento da empregada gestante, inclusive a doméstica, não imunizada contra o coronavírus SARS-Cov-2 das atividades de trabalho presencial quando a atividade laboral por ela exercida for incompatível com a sua realização em seu domicílio, por meio de teletrabalho, trabalho remoto ou outra forma de trabalho a distância, nos termos em que especifica.
Contents

O que mudou?

  • Empregadas gestantes não imunizadas: durante a emergência de saúde pública decorrente da Covid-19, as empregadas que ainda não foram totalmente imunizadas, deverão permanecer afastadas das atividades de trabalho. Contudo, em relação as que optaram por não serem submetidas a imunização da Covid-19, poderão retornar ao trabalho, desde que assine um termo de responsabilidade e de livre consentimento para o exercício do trabalho presencial, cumprindo com todas as medidas preventivas adotadas pela empresa;
  • Empregadas imunizadas: as empregadas gestantes que estão totalmente imunizadas, devem retornar às atividades presenciais a partir da publicação desta Lei.

Acompanhe todas as atualizações da área tributária

Nossos profissionais especializados estão à disposição para auxiliar no seu negócio e tirar suas dúvidas

Entre em contato conosco

RECEBA NOSSOS INSIGHTS E NOVIDADES POR E-MAIL

Confira também:

View more