TAX ALERT

Decreto permite prorrogar celebração de acordos trabalhistas emergenciais durante a crise

O Decreto de nº 10.422/2020 prorroga os prazos para celebração dos acordos de redução proporcional de jornada e de salário e de suspensão temporária do contrato de trabalho e para efetuar o pagamento dos benefícios emergenciais.

Sendo determinado da seguinte maneira:

  • O prazo máximo para celebrar acordo de redução proporcional da jornada de trabalho e de salário fica acrescido de 30 dias, totalizando 120 dias;
  • O prazo máximo para celebrar acordo de suspensão temporária do contrato de trabalho fica acrescido de 60 dias, totalizando 120 dias;
  • O prazo máximo para celebrar acordo de redução proporcional de jornada e de salário e de suspensão temporária do contrato de trabalho, ainda que em períodos sucessivos ou intercalados fica acrescido de 30 dias, totalizando 120 dias;
  • O empregado com contrato de trabalho intermitente, formalizado até a data de publicação da Medida Provisória nº 936/2020, fará jus ao benefício emergencial mensal no valor de R$ 600, pelo período adicional de um mês.

Como a Grant Thornton pode auxiliar a sua empresa?

Contamos com uma equipe especializada para assessorar as empresas em matérias fiscais, trabalhistas e previdenciárias. Estamos à disposição para ajudar as empresas nos mais diversos desafios.

Entre em contato conosco