Uma pesquisa global realizada pela consultoria Grant Thornton mostra os empresários brasileiros como os que mais acreditam no impacto positivo da sustentabilidade nos negócios.

Na avaliação dos entrevistados, a regulamentação e a burocracia na área de sustentabilidade, por parte do governo brasileiro, devem aumentar para 46% dos entrevistados, enquanto 23,2% acreditam numa diminuição.

“Diante disso, um fato preocupante é que 49,2% concordaram que a maioria das empresas ainda não sabe por onde começar, quando o assunto é medição de sustentabilidade. Esta inabilidade se agrava na medida em que mais de 70% (52% concordam e 20,8% concordam fortemente) acreditam que a tendência global em direção à sustentabilidade exigirá mudanças fundamentais nos modelos de negócios das empresas”, afirma Daniel Maranhão, CEO da Grant Thornton no Brasil.

Confira a notícia completa