ISTOÉ

Economia dos EUA dá sinais de esgotamento e otimismo sobre pacote de ajuda diminui

A economia dos Estados Unidos deu novos sinais de exaustão em meio à incerteza sobre o nome do próximo presidente dos EUA e a perspectiva de um Congresso dividido deixam pouco espaço para o otimismo sobre um novo pacote de recuperação econômica.

O desemprego havia chegado a 14,7% em abril, após o “grande bloqueio” que se seguiu ao surgimento da pandemia nos Estados Unidos. O crescimento do PIB, de 33,1% na projeção anual no terceiro trimestre, recuperou apenas parcialmente o terreno perdido pelos Estados Unidos com a queda histórica do segundo trimestre.

“O Fed já indicou que está disposto a fazer mais. Pode dar ao público e aos mercados financeiros uma indicação mais precisa” durante a coletiva de imprensa que se seguirá à reunião do Fed na quinta-feira, disse à AFP Economista da Grant Thornton, Diane Swonk.

Confira a notícia completa