Reunimos esforços para auxiliar no gerenciamento dos impactos da Covid-19 nos negócios. Saiba mais.

VALOR ECONÔMICO

Após dado fraco, redução de estímulo pelo Fed fica distante

“Bem, ninguém esperava isso.” A frase do economista-chefe de internacional do ING, James Knightley, sintetizou bem o sentimento de analistas e investidores após os dados decepcionantes do mercado de trabalho americano (“payroll”) de abril, divulgados na sexta-feira.

Depois de diversos indicadores terem apontado para uma recuperação robusta da economia dos EUA nas últimas semanas, o que reacendeu preocupações com uma possível retirada precoce de estímulos pelo Fed, os dados do mercado de trabalho esfriaram, por ora, as previsões de qualquer aperto monetário no país.

“Precisamos ver um movimento de maior aproximação da imunidade coletiva para que todos se sintam seguros de que, quando reabrirmos a economia, vamos permanecer abertos”, afirmou a economista-chefe da Grant Thornton, Diane Swonk.

Confira a notícia completa