Insights | Real Estate

Como manter o equilíbrio financeiro em tempos de inflação?

By:
insight featured image
O impacto da inflação sobre o setor de Real Estate ressalta a importância das incorporadoras terem controles e processos eficazes para mitigar os riscos financeiros, evitando assim futuras consequências sobre as margens do empreendimento de forma tempestiva e precisa.

O aumento de preços de alguns insumos no último ano foi maior que o Índice Nacional de Custos da Construção (INCC) e, em alguns casos, seja pela insuficiência de controles ou pela impossibilidade de correção dos preços de venda dos imóveis, o impacto financeiro foi percebido pelas construtoras e incorporadoras diretamente no resultado. Nem mesmo as compras à vista conseguiram repor a alta dos insumos, devido a falta do produto para entrega ou ausência de espaço para estocagem do material.

O descompasso entre os preços dos principais insumos da construção civil e o momento da venda do imóvel pode gerar um desequilíbrio significativo no fluxo de caixa caso não existam controles preventivos e detectivos que possibilitem o repasse dos custos adicionais decorrentes de inflação em alta para o preço de venda ou nas situações em que isso não seja possível, como em contratos de compra e venda de imóveis sem indexação financeira adequada.

Adotar os processos e controles, aliando a revisão orçamentária periódica, aumenta a previsibilidade dos gastos e reduz as surpresas. É imprescindível que a área comercial acompanhe esse monitoramento para auxiliar na busca pelo equilíbrio das contas, além de servir como aprendizado para as vendas futuras.

Maria_Regina_04.pngMaria Regina Abdo, sócia de Auditoria e líder de Real Estate da Grant Thornton Brasil, detalha como as empresas podem se estruturar para estarem mais bem preparadas. “Temos serviços que facilitam a implementação de processos e controles, permitindo o monitoramento. Os sistemas próprios para isso são fundamentais pois, nos períodos em que as incorporadoras têm grande número de obras em andamento, é imprescindível acompanhar a evolução dos custos incorridos e orçado no empreendimento para identificar desvios e reequilibrar gastos de obra”.

Erico_500x500.pngÉrico Giovannetti, sócio de Consultoria Empresarial da Grant Thornton Brasil, aponta que os setores de Real Estate e Construção Civil precisam estar atentos à necessidade de digitalização de processos e dados. “Temos observado nesse mercado que o grande investimento a ser feito, além da digitalização é a integração da análise de dados. Todo o investimento na direção de proporcionar a integração de dados favorece o monitoramento e a tomada de decisões. Isso facilita o equilíbrio entre o progresso físico da obra e os recursos financeiros destinados a ela”, afirma.

A realização de auditoria das demonstrações financeiras permite e facilita a percepção de potenciais riscos de desvios de custo orçado que geram a redução de margens de lucro, detectando deficiências e falhas de controles, apontando o que e como os processos e controles poderiam ter sido melhorados.

 

Dúvidas sobre como esses aspectos podem ser tratados no seu negócio?

Conte com as nossas abordagens e soluções especializadas para auxiliar nas necessidades específicas do seu negócio.

Conheça nossas abordagens em Real Estate

RECEBA NOSSOS INSIGHTS E NOVIDADES POR E-MAIL

Confira também:

View more