GrowthiQ

Como se preparar para o futuro

Prever o futuro não precisa ser necessariamente um tiro no escuro. Há varias opções práticas que podem preparar as empresas para os novos desafios do mercado

Se todas as companhias tivessem o Bill Gates em seus quadros prever os desafios futuros seria muito mais fácil. Mas, mesmo sem ele, é possível se planejar para o amanhã.

Um artigo publicado recentemente pela Grant Thornton Internacional aborda o que as empresas podem fazer para prever os desafios e como podem envolver todos da organização neste processo. Além disso, explora a importância de se ter um planejamento prático e avalia quais são as competências que os líderes destas organizações devem ter.

Por fim, é possível entender de uma maneira muito simples que um bom começo para planejar o futuro é ter respostas gerais para os desafios macros e foco no que é mais relevante, sem esquecer que é necessário também implantar estruturas de processos para capitalizar tendências relevantes e minimizar riscos, enfrentando assim o futuro de maneira mais confiante.

Confira artigo completo pelo link.

 

Receba nossas informações: