IFRS Viewpoint

Demonstrações financeiras para empresas dormant

Tanto a IAS 1 “Apresentação de demonstrações financeiras” quanto a IAS 10 “Eventos após o Período de Relatório” sugerem que é necessária uma saída da empresa em funcionamento quando existirem circunstâncias específicas. No entanto, nenhuma das Normas fornece quaisquer detalhes de uma base alternativa de preparação e como ela pode diferir da empresa em funcionamento. As entidades deverão, por conseguinte, desenvolver uma base de preparação adequada. O Ponto de Vista desta IFRS aborda algumas das questões que as entidades enfrentarão ao fazê-lo.

Quando a empresa em funcionamento não está apropriada?

IAS 1 afirma: "Ao preparar as demonstrações financeiras, a administração deve fazer uma avaliação da capacidade de uma entidade para continuar como uma empresa em funcionamento. Uma entidade deve preparar demonstrações financeiras de uma empresa em funcionamento, quer pretenda liquidar a entidade ou cessar a atividade comercial, ou não possua alternativa realista, mas para assim fazê-lo. Quando uma entidade não prepara demonstrações financeiras de uma empresa em funcionamento, deve divulgar esse fato, juntamente com a mesma na qual preparou as demonstrações financeiras e a razão pela qual a entidade não é considerada como uma empresa em atividade (IAS 1.25). A IAS 1 parece então sugerir que seja necessária uma saída da empresa em funcionamento quando as circunstâncias especificadas existirem.

Isto é confirmado pela IAS 10, que estabelece que ‘uma entidade não deve preparar as suas demonstrações financeiras de uma empresa em funcionamento se a administração determinar, após a data do período de relatório, que quer liquidar a entidade ou cessar a sua atividade comercial ou que não tem alternativa realista, mas para assim fazê-lo’ (IAS 10.14).

Saída da empresa em funcionamento

Nem a IAS 1 nem a IAS 10 fornece quaisquer detalhes sobre qualquer outra alternativa e como ela pode diferir da empresa em funcionamento. A Administração deve então escolher políticas contábeis que resultarão nas informações financeiras mais relevantes e confiáveis.

Nosso Ponto de Vista

Por conseguinte, as entidades terão de analisar atentamente a base adequada da preparação tendo em conta as suas próprias circunstâncias específicas. O objetivo deste Ponto de Vista não é fornecer orientação para determinar se uma entidade é ou não uma empresa em funcionamento, mas fornecer orientações sobre os assuntos a serem considerados quando uma empresa em funcionamento não está apropriada.

Acesse nosso material e veja mais detalhes sobre o tema.

 Receba nossas informações:

Veja o conteúdo completo
Download PDF [ 119 kb ]