• Com dados sensíveis, setor de saúde deve ter os maiores custos para se adequar à LGPD

O setor de saúde deve ter os maiores custos para se adequar à Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), que entra em vigor em agosto de 2020 e prevê multa de até 2% do faturamento das companhias que descumprirem suas determinações, até o limite de R$ 50 milhões.

Vitor Pedrozo, diretor de Forensic Advisory Services (FIDS) da Grant Thornton, afirma que empresas de saúde estão mais suscetíveis à lei pela forma como seus negócios funcionam.

Clique aqui e confira a matéria completa →

 

Quer saber mais sobre este e outros assuntos relacionados?