Global reach

PT-BR EN
GOVERNANÇA CORPORATIVA 2017

Construindo etapas para uma cultura corporativa

Inegavelmente, em todo o mundo, a questão da cultura corporativa está recebendo maior atenção regulatória como base para a boa governança.

Aumento da regulamentação

Como resultado, se aumentar a regulamentação, a questão da "cultura" provavelmente nunca foi tão alta na agenda de negócios como é hoje. O aumento das expectativas regulatórias está levando a uma crescente responsabilidade em conselhos e executivos. Isso inclui a participação de equipes executivas, para se certificar de que estão levando em questão a cultura e promovendo-a da maneira correta. Exemplos da visão em mudança na cultura incluem, mas não se limitam a:

Austrália - A Autoridade Australiana de Regulamentação Prudencial (APRA) determinou a responsabilidade do Conselho para a cultura de risco. A Australian Securities and Investments Commission (ASIC) também pediu maiores penalidades civis para executivos responsáveis ​​pela cultura pobre.

UK - o Financial Reporting Council (FRC) está encorajando as empresas a se concentrar em aspectos mais amplos da governança, como cultura e estratégia, enquanto a Autoridade de Conduta Financeira (FCA) também encoraja as empresas a garantir que sua cultura suporte um ambiente de controle forte.

Japão - à luz das falhas da cultura, sua Agência de Serviços Financeiros publicou um novo código de governança para as empresas de auditoria em março de 2017, incentivando-os a "desenvolver uma cultura de abertura organizacional".

Nova Zelândia - A Bolsa de Valores da Nova Zelândia (NSX) está preparando um Código de Governança Corporativa revisado. A Autoridade de Mercado Financeiro (FMA), em um relatório publicado este ano, enfatizou a importância de quadros e equipes seniores liderando a cultura da empresa.

Índia - A Securities Exchange Board of India, em diretrizes recentes sobre avaliação, recomendou que os conselhos estabeleçam uma cultura corporativa e valores que devem ser seguidos pela empresa.

África do Sul - Os códigos de governança King IV divulgados em 2016 estabelecem a importância de uma cultura ética como parte da governança efetiva.

Como faço para promover uma cultura autêntica?

A pressão regulatória não é o único motor de maior atenção na questão da cultura. Insights do nosso Relatório de Negócios Internacionais (IBR) nos dizem que os conselhos estão tomando medidas já para promover uma cultura autêntica. 50% das empresas em todo o mundo têm a cultura como um item permanente na agenda do conselho, enquanto 71% estabeleceram controles internos que abordam cultura e comportamento dos funcionários.

 

Construir uma "cultura corporativa", como muitos projetos de construção, precisa de etapas de construção. Neste relatório, apresentamos algumas recomendações práticas para os conselhos a serem considerados ao trabalhar com equipes de liderança para desenvolver com sucesso uma cultura corporativa forte.

Governança eficaz e confiável

As organizações são responsáveis ​​por precisão e integridade em suas operações comerciais e devem ter procedimentos de governança e conformidade eficazes e confiáveis ​. Além disso, eles devem entender e gerenciar riscos e buscar um equilíbrio adequado entre risco e oportunidades.

Nossa pesquisa nos diz que a cultura corporativa também deve existir para fazer mais do que apenas marcar uma caixa em um relatório. Deve servir de guia para o crescimento e o sucesso futuros. O papel do conselho é tecer a cultura em suas responsabilidades de governança corporativa. Não apenas para se certificar de que a cultura complementa e suporta a estratégia comercial hoje, mas para confirmar que isso acontecerá no futuro.

Baixe "Além do compliance – As etapas para a construção da cultura corporativa forte" para obter mais informações e nossas recomendações para ajudar os conselhos a obter sucesso no desafio de implantar a cultura.

Caso você queira discutir qualquer um dos pontos levantados neste relatório ou a cultura corporativa em sua organização, entre em contato com a nossa equipe de Consultoria.

Confira estudo completo
Download PDF [ 3863 kb ]

Veja nossos conteúdos